Empresa de lingerie Suíça investe em Portugal

A empresa de lingerie Suíça Gramax Capital vai investir um milhão de euros na antiga fábrica da Triumph e quer tornar a maior empregadora do concelho de Loures numa referência europeia no fabrico de lingerie e fatos de banho.

Menos de quatro meses depois de anunciar a compra da fábrica de Sacavém à Triumph, a empresa suíça revelou que quer investir um milhão de euros nesta unidade. O anúncio foi feito pelo director-geral do grupo especializado em investimentos em pequenas e médias empresas europeias de vários sectores, Alexander Schwarz, durante uma visita à fábrica em que também participaram o ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, e o presidente da Câmara de Loures, Bernardino Soares, do PCP.

A Gramax quer investir em maquinaria e na qualificação dos seus recursos humanos para fazer da Têxtil Gramax Internacional (TGI) uma “empresa competitiva”, com capacidade de diversificar o seu portefólio e bater-se por novos clientes e mercados de exportação, explicou Schwarz.

Com a mudança de donos, a fábrica de Sacavém continua a ser a maior empregadora do concelho de Loures (tem cerca de 500 colaboradores), mas o modelo de negócio é outro: o da produção para várias marcas. Se no passado, por via da ligação accionista, a totalidade da produção seguia para a Áustria, em 2017 a produção já está destinada a mercados como o alemão, austríaco, espanhol, norte-americano e francês, além do português.


Fonte: Público