Governos português e suíço discutem ensino da língua portuguesa, fluxos migratórios e cooperação

O secretário de Estado das Comunidades referiu que na visita, onde acompanhou o Presidente da República, tratou de vários temas com as autoridades suíças, nomeadamente de questões migratórias para o país helvético, a cooperação e o ensino da língua portuguesa.

José Luís Carneiro refere que foi possível “sensibilizar as autoridades suíças para a importância decisiva das comunidades portuguesas na Suíça, nas dimensões social e económica”.

Está a ser preparada uma legislação sobre a imigração, a propósito da já conhecida iniciativa suíça “contra a imigração em massa” aprovada em referendo em 2014.

No que respeita à oferta de ensino da língua portuguesa nos diversos cantões foi possível fazer chegar aos responsáveis por essa área a proposta de oferecer o ensino da língua portuguesa após o ensino obrigatório. As autoridades suíças viram com bons olhos essa possibilidade.

Outra questão que foi abordada com as autoridades foi a de, no futuro, estabelecer protocolos de cooperação cultural e social com as autoridades comunais, em semelhança do acordo que já foi feito em Pontault-Combault, em França, e das negociações que se estão a desenvolver com algumas autoridades britânicas.

José Luís Carneiro disse que também manteve encontros com os dirigentes associativos portugueses na Suíça, nomeadamente para dar esclarecimentos sobre os apoios das autoridades portuguesas que podem obter para as suas iniciativas.


Fonte: 24.sapo.pt