Entrada e Saída da Suíça: como proceder?

Comunidade CH - Novas Leis de Imigração na Suíça
A população residente na Suíça é de cerca de 8,3 milhões de pessoas (dados de 2014).

Têm-nos chegado algumas perguntas sobre quais os procedimentos a ter para se entrar na Suíça, o que fazer quando aqui chegar ou o que fazer na hora de deixar o país. De uma forma geral e sucinta vamos responder a estas perguntas e estaremos disponíveis para esclarecer quaisquer dúvidas que possam surgir.

Já explicamos aqui, algumas vezes, que os cidadãos de países da UE/EFTA, como é o caso de Portugal, precisam apenas de um documento de identificação válido, no caso, o cartão de cidadão atualizado. Com este documento é possível permanecer na Suíça por um período de noventa dias.

A permanência superior a 90 dias requer um visto de residência, este visto terá de ser solicitado nos serviços de população da região onde se encontram. Os cidadãos da UE/EFTA que queiram juntar-se à família, por exemplo, o cônjuge que decide morar com o marido/esposa e trazer os filhos pode solicitar o visto de residência, desde que o seu cônjuge também o possua. Nestes casos o visto é concedido, desde que, o casal prove que reúne condições para se sustentar e pagar os seguros de saúde de toda a família.

Se um cidadão ou uma família decidir vir para a suíça por um período superior a 90 dias, não estando na situação anterior, terá de ter um contrato de trabalho válido, que permita alugar uma habitação e cobrir as despesas de saúde. Nestes casos, ser-lhe-ás atribuído um visto de residência para permanecer no país por um período máximo de 5 anos, que poderá vir a ser renovado.

A Suíça não oferece qualquer tipo de subsidio a cidadãos da UE/EFTA para que estes possam permanecer no país, no entanto, os cidadãos que estejam a receber o subsidio de desemprego, em Portugal, podem transportá-lo para a Suíça, por um período de 3 meses, renováveis por mais 3. Para isto, será necessário o deslocamento ao serviços de segurança social da área de residência e fazer o pedido.

Durante os meses que estejam a receber o subsidio na Suíça, será necessário fazer uma procura ativa de emprego e apresentá-la mensalmente às entidades competentes.

Assim como existem procedimentos para chegar à Suíça, existem outras para sair do pais. Ao deixar o país, depois da permanência por período superior a 90 dias, os estrangeiros são obrigados a cancelar o registo nas autoridades locais e entregar o visto de residência. Não há qualquer tipo de imposto de saída ao contrario do valor que é cobrado pela aquisição do visto.

Esperamos com isto ter desfeito algumas dúvidas e estaremos sempre dispostos a ajudar naquilo que nos for possível.

Comunidade CH - Quais os tipos de vistos que a suíça concede