7 Maravilhas de Portugal

Comunidade CH - 7 Maravilhas de Portugal

Poderiam ser aqui enumeradas tantas outras, mas estas são sem dúvida obras arquitectónicas fascinantes que não deixam ninguém indiferente. Para quem ainda não as visitou, deixamos aqui um pouco da história, bem como os horários e os custos de entrada. Quem sabe não farão parte do roteiro das tuas próximas férias.

Torre de Belém

Foi construída com o objectivo de proteger Lisboa dos invasores, no entanto com a evolução dos meios de ataque e defesa, a sua função defensiva foi-se perdendo e chegou a ser usada como prisão política a partir de 1580.

É Património Mundial UNESCO, por causa do importante papel que desempenhou nas descobertas marítimas portuguesas na época dos Descobrimentos.

Horário:

  • Outubro a Abril: Das 10h00 às 17h30 (última entrada às 17h00)
  • Maio a Setembro: Das 10h00 às 18h30 (última entrada às 17h00)
  • Encerrado: Segundas-feiras e nos dias 1 de Janeiro, Domingo de Páscoa, 1 de Maio, 13 de Junho e 25 de Dezembro

Bilhete: 6€

Comunidade CH - Torre de Belém


Mosteiro dos Jerónimos

Obra-prima da arquitetura portuguesa do século XVI, está classificado como Monumento Nacional e inscrito na lista de Património Mundial da UNESCO (1983). O Mosteiro dos Jerónimos situa-se numa das zonas mais qualificadas de Lisboa, um cenário histórico e monumental junto ao rio Tejo, local de onde partiram as naus e caravelas no tempo das Descobertas que viriam a dar “novos mundos ao mundo”. Na imponente fachada do Mosteiro, que se prolonga por cerca de trezentos metros, ergue-se o Portal Sul da Igreja, ricamente decorado, onde se destacam as imagens do Santo Patrono de Portugal, Arcanjo S. Miguel (ao cimo) e a imagem de Santa Maria de Belém, ou Nossa Senhora dos Reis (ao centro). In “Património Cultural DG do Património Cultural”

Atualmente pode visitar a maravilhosa igreja (entrada livre), o magnífico claustro, o refeitório e a sala de reunião dos monges.

Horários:

  • Outubro a Abril: Das 10h00h às 17h30 (última entrada às 17h00)
  • Maio a Setembro: Das 10h00 às 18h30 (última entrada às 18h00)
  • Encerrado: Segundas-feiras e nos dias 1 de Janeiro, Domingo de Páscoa, 1 de Maio, 13 de Junho e 25 de Dezembro.

Bilhete: 10€

Comunidade CH - Mosteiro dos Jerónimos


Palácio Nacional da Pena

A ocupação do topo escarpado da serra de Sintra, onde se localiza o atual palácio, ocorreu com a construção de uma pequena capela em honra de Nossa Senhora da Pena, durante o reinado de João II de Portugal.

Quase todo o Palácio assenta em enormes rochedos, e a mistura de estilos que ostenta (neogótico, neomanuelino, neo-islâmico, neo-renascentista, com outras sugestões artísticas como a indiana) é verdadeiramente intencional, na medida em que a mentalidade romântica do século XIX dedicava um fascínio invulgar ao exotismo.

Horário:

  • Aberto diariamente, exceto nos feriados de 25 de Dezembro e 1 de Janeiro.
  • Palácio: 09h45 – 19h00, último bilhete 18h15
  • Terraço: 09h45 – 19h30, último bilhete 18h45

Bilhete: Palácio + Parque – 14€

Comunidade CH - Palacio Nacional da Pena


Castelo de Óbidos

A construção do castelo de Óbidos começou em meados do primeiro século na época dos romanos, mas foi durante a ocupação árabe que se desenvolveu e que a fortaleza foi criada.

Em 1148 D. Afonso Henriques conquistou a cidade e seu castelo aos mouros. Desde então, o castelo foi reparado e ampliado várias vezes.

O terramoto de 1755 fez-se sentir com grande intensidade na vila, destruindo parte da fortaleza e edifícios da época medieval.

No século XX, o castelo caiu completamente em ruínas. O Estado Português decidiu renová-lo e instalar em 1950 uma pousada, a primeira a ser construída num edifício histórico.

Além do castelo, é muito interessante a visita à vila, localizada no interior da fortaleza. A vila de Óbidos é muito turística, rodeadas por casas brancas decoradas com lindas flores.

Horário:

  • A visita ao castelo não é possível uma vez que este foi transformado numa Pousada Histórica na década de 50 do Séc.XX, ainda hoje funcionando como tal. As únicas áreas possíveis de visitar são a Cerca, o Jardim e o Terraço/ Miradouro que se situa na frente ao Castelo.

Bilhete:

  • Durante a semana é €2,50
  • Sábados e Domingos €4,00, por pessoa
  • A visita à vila é gratuita

Comunidade CH - Castelo de Obidos


Mosteiro de Alcobaça

A construção do mosteiro começou em 1178 seguindo o modelo da Abadia de Clairvaux, da Ordem de Cister em França, e foi concluída em 1252, ano da sua inauguração, pelo rei D. Dinis.

Em 1810, as tropas de Napoleão roubaram grande parte da riqueza do mosteiro e as que permaneceram foram roubadas em 1834, ano do desaparecimento das ordens religiosas em Portugal.

Durante a sua visita, vai poder visitar o dormitório, a sala do capítulo, o refeitório, o claustro de D. Dinis, a incrível cozinha, o salão dos Reis e a igreja (parte gratuita).

Horário:

  • Outubro a Março: Das 09h00 às 18h00 (última entrada 17h30)
  • Abril a Setembro: Das 09h00 às 19h00 (última entrada 18h30)
  • Encerrado: 1 de Janeiro, Domingo de Páscoa, 1 de Maio, 20 de Agosto e 25 de Dezembro

Bilhete Individual: 6€

Bilhete-Circuito Património Mundial: (Mosteiro de Alcobaça, Mosteiro da Batalha, Convento de Cristo Tomar): 15€

Comunidade CH - Mosteiro de Alcobaça


Mosteiro da Batalha

O Mosteiro da Batalha é uma das mais belas obras da arquitetura portuguesa e europeia. Após a vitória contra o Reino de Castela, em Aljubarrota (1385), o rei D. João I decidiu construir este mosteiro para agradecer à Virgem Maria por ter vencido a batalha.

A construção começou em 1386 e foi concluída dois séculos depois, em 1517. O mosteiro foi doado à ordem dominicana que viveu lá até 1834, ano da extinção das ordens religiosas em Portugal.

Desde então, este magnífico monumento pertence ao Estado Português, que decidiu abri-lo ao público.

Horário:

  • Outubro a Março: Das 09h00 às 18h00 (última entrada 17h30)
  • Abril a Setembro: Das 09h00 às 18h30 (última entrada 18h00)
  • Encerrado: 1 de janeiro, domingo de Páscoa, 1 de maio e 24 e 25 de dezembro

Bilhete Individual: 6 €

Bilhete-Circuito Património Mundial: (Mosteiro de Alcobaça, Mosteiro da Batalha, Convento de Cristo Tomar): 15€

Comunidade CH - Mosteiro da Batalha


Castelo de Guimarães

Em meados do século X a Condessa Mumadona Dias, mandou construir um Mosteiro. Com os constantes ataques por parte dos mouros, decidiu construir uma fortaleza para proteger os monges e a comunidade cristã que viviam em seu redor. Surge assim o primitivo Castelo de Guimarães.

No século XII, o Conde Dom Henrique e Dona Teresa vieram viver para o Castelo de Guimarães e provavelmente aí terá nascido Dom Afonso Henriques.

Perdida a sua função defensiva, o Castelo entra num processo de abandono e degradação progressiva até ao século XX, altura em que é declarado Monumento Nacional e são efetuadas obras de restauro.

Horário:

  • Aberto todos os dias das 9.30 h às 18 h.
  • Encerrado: 1 de janeiro, domingo de Páscoa, 1º de maio e 25 de dezembro.

Bilhete:

  • Entrada gratuita.
  • 1.5 € para aceder à Torre de Menagem

Comunidade CH - Castelo de Guimaraes