5 Monumentos Históricos na Suíça

comunidade ch - castelo chillon

Torre do Relógio – Berna

É hoje um dos mais importantes pontos turísticos de Berna. O relógio astronómico ornamentado com figuras em movimento foi construído em 1530. Serviu como relógio principal da cidade e, portanto, tinha uma função oficial em Berna.

Apesar das muitas remodelações e reformas que sofreu ao longo dos seus 800 anos de existência, o Zytglogge, como é conhecido em alemão, é um dos símbolos mais reconhecíveis de Berna. É um património de importância nacional, sobretudo da parte da Cidade Velha de Berna e Património Mundial Cultural da UNESCO.

Comunidade CH - Torre do Relogio Berna


Muro dos Reformadores – Genebra

O Muro dos Reformadores ou Muro da Reformação, está localizado em Genebra, dentro do Parque dos Bastiões. Foi construído contra as muralhas do século XVI que cercavam a cidade, no ano de 1909, aquando da celebração do nascimento de João Calvino. O monumento na sua parte central representa os quatro pioneiros da reforma Protestante vestidos com a capa de Genebra. No centro, erguem-se João Calvino, Guillaume Farel, Théodore de Bèze e John Knox. Dos lados estão representadas as personalidades que disseminaram a Reforma na Europa. Esculpida no muro esta a divisa de Genebra «Post Tenebras Lux» (Depois das trevas, a luz) é originalmente uma grande sentença da filosofia calvinista. Na saída do parque, estão situadas a Praça Nova e seus diversos espaços dedicados à arte.

Comunidade CH - muro dos reformadores


Monumento do Leão – Lucerna

Em alemão Lowendenkmal, é uma escultura que podes apreciar quando visitares a bela cidade de Lucerna. Esta voluptuosa escultura foi concebida por Bertel Thorvaldsen, como homenagem aos guardas suiços que foram massacrados em 1792, durante a Revolução Francesa. Durante a guerra, os revolucionários invadiram o Palácio das Tulheiras, em Paris, surpreendendo os combatentes helvéticos. Por cima dele pode ler-se “Helvetiorum Fidei ac Virtuti” (“à lealdade e bravura dos suíços”), o leão está morto e é representado atingido por uma lança, deitado dobre um escudo com a flor-de-lis da monarquia francesa e também perto dele encontra-se um outro escudo com o brasão de armas da Suíça. Mark Twain, escritor norte-americano, elogiou tal escultura referindo-a como “a mais lúgubre e tocante peça em pedra no mundo”.

Actualmente, o Monumento do Leão é um dos pontos mais fotografados de Lucerna.

Este slideshow necessita de JavaScript.


Catedral de Lausanne – Lausana

A Catedral Protestante de Nossa Senhora de Lausana foi construída na colina do centro urbano a partir da segunda metade do século XIII. A Catedral foi construída em três fases. Os trabalhos começaram em 1170, seguindo o estilo romântico. Entre 1190 e 1215 os trabalhos continuaram com um segundo arquiteto, nessa altura num estilo gótico. A partir de 1215 a obra foi levada a cabo por Jean Cotereel, que levantou a fachada ocidental e um das tores.

A Catedral foi consagrada à Virgem Maria. A Catedral possui desde 2003 um novo órgão de grande qualidade, com características musicais incríveis e pode ser escutado em concertos realizados regularmente na catedral.

Este slideshow necessita de JavaScript.


Castelo de Chillon – Veytaux

É um dos castelos da Suíça mais conhecidos em todo o Mundo, para além de ser o monumento suíço mais visitado e mais bem preservado da Europa. Está situado numa das margens do Lago Léman, em Veytaux, a apenas três quilómetros de Montreux. Foi construído sobre um rochedo, um ponto de proteção natural e estratégico para controlar a passagem entre o sul e o norte da Europa. De um lado, é uma magnifica residência à beira do lago e, do outro, uma imponente fortaleza em frente às montanhas.

Este slideshow necessita de JavaScript.