O Catolicismo e o Protestantismo na Suíça

Comunidade CH - O Catolicismo e o Protestantismo na Suica

Com 38,2%, a Igreja Católica Romana é o maior grupo religioso na Suíça. Desde o início dos anos setenta, como resultado da imigração de trabalhadores italianos, espanhóis e portugueses, há mais católicos do que protestantes na Suíça.
 
Uri (82%), Appenzell-Interior (78%), Valais (75%), Obwald (74%) e Jura (70%) são os cantões com a percentagem mais alta de católicos da população total. A Igreja Católica Romana é composta por seis dioceses com sedes em Soleura, Friburgo, Sion, Coira, St.Gallen e Lugano. Os bispos estão diretamente subordinados ao papa.
 
O catolicismo e o protestantismo são as principais correntes do cristianismo Suíço. Oficialmente, 41% da população suiça é Católica e 40% Reformadora. O protestantismo diferencia-se do catolicismo principalmente porque não reconhece o Papa como representante de Cristo na terra e nem reconhece a tradição eclesiástica surgida depois da era apostólica. O protestantismo reconhece como autoridades somente Cristo e a Bíblia, e manifesta-se em termos gerais de duas formas: na igreja reformada e na união de igrejas evangélicas e comunidades livres
 
A igreja reformada é estadual, enquanto que as igrejas evangélicas livres não são estaduais, ou seja, são independentes do estado.