Papel de Alumínio

É algo que, por estar tão enraizado no nosso dia a dia, e fazer com certeza parte da cozinha da maioria das famílias do mundo, não nos suscita grandes questões quanto à sua criação.
 
Então, para os mais curiosos, aqui vai: o papel de alumínio foi comercializado pela primeira vez em 1910 na fábrica Dr. Lauber, Neher & Cie., localizada em Emmishofen, na Suíça. Inicialmente a produção de alumínio, estava a cargo da fábrica J. G. Neher & Sons, em Schaffhausen, na Suíça, perto das Cataratas do Reno, servindo-se da energia das quedas de água para produzir o produto. Os fabricantes de alumínio eram os filhos de Neher, que juntamente com o Dr. Lauber, descobriram o processo de laminação infinita e o uso de folha de alumínio como uma barreira protetora, em dezembro 1907.
 
Em 1911, a empresa Tobler, também ela sediada na Suíça, na cidade de Berna, começou a embalar as suas barras de chocolate em papel de alumínio, incluindo as do seu modelo mais famoso, o Toblerone.
 
O primeiro uso do papel de alumínio nos Estados Unidos ocorreu em 1913, para envolver barras de chocolate e gomas.
 
O papel-alumínio costuma ter um lado mais brilhante e outro mais opaco e algumas das suas características prendem-se com a sua boa condutividade elétrica, e a má transmissão de calor, o que o faz um isolante térmico tanto por efeito barreira como por reflexão das ondas eletromagnéticas.
 
O que não imaginávamos é que essa folha de alumínio, tão fina quanto uma folha de papel, fosse fabricada a partir de um bloco de puro alumínio sólido.
 
O processo de fabricação consiste, no derretimento desses blocos em fornos gigantes de gás natural, a uma temperatura de 750°C.
 
Aproximadamente 75% do papel de alumínio produzido é utilizado para embalar alimentos, cosméticos e produtos químicos e 25% é utilizado para aplicações industriais (por exemplo, isolamento térmico, cabos e electrónica).
 
Na era do desenrasca, o papel de alumínio tem vindo a assumir diferentes e curiosas funções, eis algumas delas:
 
• Afiar tesouras
• Passar a roupa mais facilmente
• Limpar panelas
• Proteger o fogão
• Apertar porcas e parafusos
• Tapar buracos nos sótãos
• Trocar móveis de lugar
 
Bem, são só alguns exemplos, no meio de tantos outros, ainda não testamos nenhum, mas ficamos curiosos e vocês?