Cisnes, os habitantes dos lagos!

Os Habitantes dos Lagos
Os Habitantes dos Lagos

Quando passeias por um qualquer lago suíço não ficas indiferente à beleza dos patos e gansos que por lá passeiam tranquilamente e fazem inveja com tamanha beleza.

Há algumas especificidades que estas aves têm, que fazem delas seres ainda mais interessantes. O belo cisne-branco é uma espécie de cisne nativa da Euroásia e é uma ave não migratória, aqui está a razão pela qual os vemos nos lagos, durante todo o ano. Foi introduzido na América do Norte e noutras regiões como um animal ornamental de jardins. Pertence à família Anatidae, à qual também pertencem os patos e os gansos. O cisne-branco atinge, em média, 125 a 170 cm de altura, sendo os machos maiores que as fémeas. São ainda as aves mais pesadas a voar, o macho tem um peso médio de cerca de 12Kg e as fémeas de 8Kg.

Relativamente aos gansos, estes pertencem a uma família, com mais de 40 variedades. Os gansos selvagens habitam regiões de clima temperado, migrando para locais mais quentes durante o inverno. Por sua vez, esta especíe foi domesticada no Antigo Egipto, para produção de carne e penas para fabrico de flechas. Em cativeiro podem viver até aos 50 anos.

O pato, da familia Anatidae, é a ave de menores dimensões e pode ser encontrada tanto em água doce como salgada. Alimentam-se de vegetação aquática, moluscos e pequenos invertebrados e algumas espécies são aves migratórias. O pato é um dos raros animais que anda, nada e voa com razoável competência e é também o único animal que consegue dormir mantendo metade do cérebro em alerta (e outra metade em repouso).

Todos os anos centenas de milhares de aves migram para passar o inverno na Suíça.

As aves dos lagos Suíços passaram a ser também uma atracção e já muito habituadas ao protagonismo são aves super mansas e bem adaptadas à presença das pessoas, chegando muitas vezes a vir buscar alimento às nossas mãos.

Luzern - Comunidade CH