A Suíça e a Religião

A Suica e a Religiao - Comunidade CH
A Suica e a Religiao - Comunidade CH

A Suíça possui uma pluridade crescente de religiões. E ao mesmo tempo o número de pessoas que não cultivam nenhuma fé também tem aumentado. Cerca de 27% da população é protestante, 38% católica romana. Os muçulmanos representam 5% da população, 0,5% são budistas e 0,3% são judeus. O número de pessoas que não pratica nenhuma religião representa 21,4%.
 
Na maioria dos cantões suíços, há excepção de Genebra e Neuchâtel, existem igrejas oficiais, nomeadamente Católicas. Com a imigração, instalaram-se religiões como o islamismo e a igreja ortodoxa oriental.
 
De um modo muito geral, o país está dividido entre católicos e protestantes. As grandes cidades, como Berna, Basiléia e Zurique são predominantemente protestantes. A suíça central, assim como a região de Ticino são predominantemente católicas.
 
Apesar de a Suíça ser uma país que permite a coexistência pacífica de católicos e protestantes, em 2009 foi aprovado em referendo, um texto que proíbe a construção de minaretes de mesquitas muçulmanos no país.
 
Esta liberdade de crença, de consciência e de culto garantida pela Constituição, faz com que neste país não exista uma religião oficial.